Mulheres precisam se unir; não se destruir

Feliz dia do:

Você viu que gorda que a Maria está?

A Bruna Marquezine tem peito murcho!

A bunda da Paola Oliveira é cheia de celulite.

Vai casar no Tahiti com esse vestido horrível?!

Será que ela não se enxerga usando uma roupa dessas?

Só casou com ele por causa do dinheiro.

Nós somos simplesmente ridículas com estes comentários, aparentemente inofensivos, que destroem nossas relações com outras mulheres e nossa união para a vida.

Eu não suporto mais ouvir cada uma dessas constatações absurdas.

Me desculpe, mas você é mesmo muito imatura e insegura se faz isso. Se você acha que não é imaturidade e insegurança, só tenho algo a te dizer: acorde e cresça!

Será que não podemos todas mostrar para o mundo o quão incríveis somos sem a necessidade de falar o quão péssima a outra é? Acorda, admitir que outra pessoa é boa em algo não vai te tornar pior!

Seus comentários negativos são reflexo de algo que você vê na outra e sente que falta em você

O motivo de você estar falando mal de outra mulher só revela o quanto você tem inveja dela em algum aspecto e o quanto você gostaria de ter o que ela tem, nem que sejam só aquelas unhas perfeitas e bem cuidadas, sua popularidade ou sua simpatia.

Falar mal de outra mulher só mostra o quanto você se sente ameaçada por ela de alguma forma. E não minta para você mesma, porque é verdade. Admita.

Vou te propor uma coisa: quando pensar algo ruim sobre aquela mulher, pare e reflita: o que ela tem que eu gostaria de ter? Você vai encontrar o motivo pelo qual está falando (mal) dela.

Nós somos mesmo muito desunidas e não mostramos o mínimo de respeito pelas outras e por nós mesmas quando fazemos comentários degradantes deste tipo.

Pare de querer se comparar, eleve sua auto estima e engrandeça outras mulheres, engrandeça a si mesma. Não há nada mais belo que isso.

Para mim, não há exemplo de maior auto confiança do que admitir que outra mulher é, sim, linda, inteligente, simpática e muito mais. Não é questão de ser melhor ou pior, é questão de perceber o quanto a outra é incrível – e se tocar de que eu também posso ser, independente do quão maravilhosa a outra é.

Construa em vez de destruir

Portanto, construa em vez de destruir. Nós somos incríveis juntas e o Dia Internacional das Mulheres está aí pra comprovar. Inclusive, a data de hoje só é especial porque em algum momento, lá atrás, nós deixamos nossas diferenças de lado e nos unimos.

Então, elogie uma mulher hoje, amanhã e depois. Encoraje outras mulheres. Ajudem-se ao invés de se sabotar. E toda vez que pensar em algo destrutivo para colocar para fora, engula e pense em algo positivo e aí sim, externalize. Isso sim é lindo e te faz ser uma mulher maravilhosa e admirável!

Sabe o que nos faz mulheres horríveis? Ser mesquinha, mostrar o quão baixa é sua autoestima através de comportamentos infantis, comentários negativos sobre tudo e pensamento pequeno.

Mulher bonita, mulher incrível é aquela que consegue admirar a outra e encorajá-la a ser melhor do que é sem ofende-la. Mulher linda é aquela que se ama independente do que a baixa autoestima da outra diz por aí e que, acima de tudo, continua ajudando a construir a autoestima das outras.

E aí, que tipo de mulher você vai ser daqui pra frente?

Ah, e antes de encerrar e para que você reflita sobre tudo o que eu disse: já pensou como seria seu interior se ele fosse definido por tudo que você fala ou pensa sobre as outras mulheres? Feio ou bonito?

É isso, Feliz Dia das Mulheres à todas aquelas mulheres que me fazem ter orgulho de ser mulher e que nos engrandecem de alguma forma!


E aí, gostou deste post? Escreve aqui nos comentários se ele foi útil para você!

Ah, e se quiser salvar este post para ler de novo depois é só salvar a imagem abaixo no seu Pinterest! Aproveita e me segue por lá para ficar por dentro das minhas dicas e inspirações! <3