Saiba porque o número de seguidores no Instagram não é tão importante assim – e o que realmente importa

Para quem trabalha ou quer trabalhar com o Instagram, seja vendendo seus produtos, mostrando seu trabalho ou viajando o mundo, os números realmente importam. Porém, saiba que o número de seguidores não é o bastante.

Quão importante é, de fato, ter 10.000, 100.000 ou 1.000.000 de seguidores? Eu estaria mentindo se dissesse que nunca sonhei em atingir um número de 6 dígitos. Mas a verdade é que, atualmente, com 20 mil seguidores no meu instagram eu percebo que o número de seguidores não é tão importante assim.

Mas, se o número de seguidores não é tão importante assim, o que é, então? E por que isto não é o mais relevante? Vem aqui que vou te explicar.



É claro que quanto mais seguidores você tem, mais gente vê seus posts. Entretanto, não adianta nada alguém ver e não curtir ou comentar sua publicação.

Quanto mais gente salva, curte e comenta suas fotos, em proporção ao seu número de seguidores, maior é seu engajamento. E é isso que conta (para descobrir o seu engajamento, basta somar o número de comentários e curtidas de uma foto e dividir pelo seu número de seguidores)!

Se quer aumentar o número de seguidores no Instagram apenas para massagear seu ego, tudo bem, o número de seguidores deve importar para você. Mas, se você realmente vai depender do Instagram para “vender seu peixe”, você precisa ir mais além.

O que é importante, então? Durante um ano levando o Instagram “a sério” aqui estão minhas considerações:

Quantas pessoas realmente se importam com o que você posta?

Bom, isso é algo que não pode ser medido. Quantas pessoas, da sua centena, milhares ou milhões de seguidores realmente estão ali porque se importam com você ou com o que você posta?

Quando você pergunta algo nos Stories, quantas pessoas te respondem? Quando você conta uma novidade, quantas te parabenizam? Quantas pessoas realmente tem interesse no que você/sua empresa posta e/ou em quem você é?

Este “número” é muito relativo e é um dos mais difíceis de conquistar. Você precisa trabalhar, e muito, para chegar lá.

É preciso investir tempo criando um vínculo com as pessoas de alguma forma. Se você não fizer isto, se você não se importar com quem está do outro lado, ninguém do outro lado, genuinamente, se importará com você.

Proporção de likes e comentários x número de seguidores

Também conhecida como ENGAJAMENTO. Você já deve ter ouvido sobre como o novo algoritmo do Instagram fez nosso engajamento diminuir e todo o papo sobre isto.

Mas afinal, por que quem trabalha com o Instagram está tão preocupado com isto?

O engajamento é uma espécie de termômetro. Ele é meio que uma forma de mostrar aquilo que falei lá em cima (quantas pessoas se importam com você e com o que você posta).

O engajamento compara o número de seguidores com o número de likes e comentários que alguém recebe em uma foto.

Vamos supor que você tenha 800 seguidores, e suas fotos tenham, geralmente, 100 likes e 10 comentários o que dá um engajamento de cerca de 13,7% o que é excelente.


Leia também: 7 dicas para manter um feed organizado no Instagram.

Já uma pessoa com 10.000 seguidores, 100 likes e 10 comentários em cada foto tem uma taxa de engajamento de 1,1%, o que é bem ruim.

Quanto mais pessoas interagirem, de alguma forma, com sua foto (salvar, curtir, comentar, enviar para alguém), melhores são seus números, mesmo que você não tenha tantos seguidores assim.

Para você ter uma ideia, minha primeira parceria com uma marca aconteceu quando eu tinha 9 mil seguidores. Mas isto só aconteceu porque meu engajamento já era bom naquela época. Nem tudo é sobre ter seguidores.

PS: Não adianta comprar likes nem comentários, todo mundo sabe que você está fazendo isto. A interação tem que ser verdadeira e espontânea.

Então, qual deve ser sua meta?

Sua meta deve ser conquistar as pessoas que estão do outro lado da tela através de suas postagens e de quem você é. Sua meta deve ser, muito mais que conseguir novos seguidores, engajar os seguidores que já possui.

Crie laços, mostre-se acessível, compartilhe informações valiosas, mas, acima de tudo, seja você. As pessoas gostam de quem é verdadeiro e podem sentir se você está sendo natural ou fingindo ser algo que não é.

Seja espontâneo e compartilhe seus pensamentos e seu verdadeiro “eu”. Se é uma marca, compartilhe detalhes sobre a peça, a história do negócio, os princípios ou até mesmo dicas relacionadas ao seu negócio.

Pode ser que você perca alguns seguidores mostrando seu verdadeiro “eu”, mas está tudo bem, não há razão para entrar em pânico. Afinal, você estará atraindo aqueles que se identificam com você e mantendo os que realmente importam e se importam.


E aí, gostou deste post? Escreve aqui nos comentários se ele foi útil para você! No próximo post sobre Instagram vou compartilhar minhas dicas sobre como manter um bom engajamento – apesar das mudanças no algoritmo!

Ah, e se quiser salvar este post para ler de novo depois é só salvar a imagem abaixo no seu Pinterest! Aproveita e me segue por lá para ficar por dentro das minhas dicas e inspirações! <3

SalvarSalvar

SalvarSalvar

SalvarSalvar